Crescem exportações de micro e pequenas empresas


A Secretaria de Comércio Exterior do Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços (MDIC) divulgou nesta quinta-feira (21) os dados completos de exportações realizadas em 2016 por porte de empresa. De acordo com as estatísticas, as micro e pequenas empresas foram as únicas que registraram aumento de suas exportações, o que aconteceu pelo terceiro ano seguido.

Em 2016, as exportações das micro e pequenas empresas somaram US$ 2,2 bilhões, um crescimento de 10,6% (ou US$ 218 bilhões) em comparação a 2015. Desde 2013, o montante de embarques de produtos de micro e pequenas empresas vem crescendo, passando de US$ 1,7 bilhões (2013) para US$ 1,9 bilhões em 2014 e US$ 2 bilhões em 2015.

Para o ministro Marcos Pereira o crescimento de 10,6% nas vendas externas das micro e pequenas empresas no ano passado deve-se a um conjunto de fatores, entre eles o sucesso do Plano Nacional da Cultura Exportadora (PNCE). Atualmente, cerca de 6 mil empresas estão cadastradas no PNCE. “Certamente esse resultado não seria alcançado sem a atuação do governo federal e todas as ações de fomento que permitiram a pequenas empresas ingressarem no comércio exterior”, afirma Marcos Pereira.

Coordenado pelo MDIC, o PNCE reúne iniciativas de instituições parceiras nacionais e estaduais, com o objetivo de aumentar a base exportadora, estimulando a inserção de empresas de pequeno porte no mercado externo. Em 2016, o PNCE foi lançado em 20 unidades da federação, com o apoio de 144 instituições nacionais e estaduais.

Apesar desse crescimento, as grandes empresas ainda concentram 94,1% do valor das exportações brasileiras, que somaram US$ 185,2 bilhões em 2016. A participação das micro e pequenas empresas nas exportações ainda é de apenas 1,2%, mas esse é o maior percentual desde 2008.

O número de micro e pequenas empresas que operam no comércio exterior também cresceu 16% (de 10.920 para 12.671). Com esse aumento, elas passaram a representar 49,6% dos exportadores brasileiros – maior participação desde 2007.

Entre 2015 e 2016, houve um crescimento no número de operadores em todos os portes de empresas, com exceção dos grandes exportadores que reduziram em 2,4% o número de empresas no comércio exterior (de 6.112 para 5.965). Em 2016, 25.541 empresas brasileiras realizaram operações no comércio internacional.

A metodologia usada pelo Departamento de Estatística e Apoio à Exportação da Secretaria de Comércio Exterior para enquadramento e identificação das empresas por porte adota o critério que associa o número de empregados da empresa e o valor exportado pela mesma, conforme a tabela abaixo:

PORTE

INDÚSTRIA

COMÉRCIO E SERVIÇOS

 

Empregados

VALOR

Empregados

VALOR

Microempresa

Até 10

Até US$ 400 mil

Até 5

Até US$ 200 mil.

Pequena Empresa

De 11 a 40

Até US$ 3,5 milhões

De 6 a 30

Até US$ 1,5 milhão

Média Empresa

De 41 a 200

Até US$ 20 milhões

De 31 a 80

Até US$ 7 milhões

Grande Empresa

Acima de 200

Acima de US$ 20 milhões

Acima de 80

Acima de US$ 7 milhões

 


Fonte: Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços
Por: www.ddccomunicacao.com.br
FacebookTwitterInstagram